Morto na última quinta-feira (15), o ator Domingos Montagner será homenageado em cena no último capítulo de Velho Chico, que a Globo exibe no próximo dia 30. O casamento de Santo com Tereza (Camila Pitanga) terá fogos de artifício, clipes com imagens da trajetória do casal e um discurso poético sobre o amor. Publicado em Notícias da TV UOL por Márcia Pereira

velho chico camila pitanga domingos montagner tereza santo UoXlZtU free big fixed big

Montagner terá poucas sequências nesse capítulo, mas não gravou duas delas, incluindo a do casamento. Mesmo assim, recursos dramatúrgicos e de edição, como a câmera subjetiva (postada no lugar do ator) e flashbacks, farão o público sentir a "presença" de Santo. Ele aparecerá no altar, beijará Tereza e terá até uma fala, que já foi dita em outro momento da novela. "Sonhei tanto com esse dia que custo a acreditá que tenha chegado", dirá quando a noiva subir ao altar.

O capítulo prevê que Montagner também aparecerá em uma longa sequência externa na caatinga atrás de Carlos Eduardo (Marcelo Serrado) e no bar de Chico Criatura (Gésio Amadeu) interagindo com vários personagens. Ambas estão gravadas. No final do capítulo, Santo estará ao lado de Tereza em um almoço em família. Para manter Santo cumprindo seu destino, já que Montagner morreu antes da gravação, a direção da novela usará um truque que mostra o ponto de vista do personagem, em que uma câmera substitui o ator.

O casamento acontecerá na mesma data festiva em que Santo e Tereza se conheceram na infância, na procissão de Nossa Senhora das Grotas. Flashbacks instantâneos vão resumir a saga dos dois ao longo da novela. Uma chuva de fogos de artifício vai iluminar o céu antes de o agricultor surgir vestido de noivo, e esse é um dos desafios da direção. No roteiro entregue à produção, há indicações de que ele está lá, nervoso com o grande o dia.

A capela da fazenda da família Sá Ribeiro começará a lotar. Durante as cenas da cerimônia, o público acompanhará o parto de Olívia (Giullia Buscacio). Já casada com Miguel (Gabriel Leone), ela terá gêmeos em casa. As cenas do casamento serão costuradas com a do parto, o que ajuda a driblar a ausência de Montagner.

O público verá do ponto de vista de Santo a conversa de sua família na capela. Luzia (Lucy Alves) será uma das pessoas que dará força ao noivo para não ficar tão nervoso. Dentro do casarão, Tereza terminará de se vestir com a ajuda de Doninha (Suely Bispo) e Iolanda (Christiane Torloni). Trêmula, a noiva afirmará que se sente uma menina outra vez.

"Não tem sentido uma festa assim a essa altura da vida. Santo e eu vivemos juntos tem muito tempo, já tivemos nossa união abençoada na tribo, casar no civil estava de bom tamanho", falará ela. Quando as cenas forem ao ar, a trama terá dado um salto no tempo de seis meses.

Pai com lágrimas nos olhos

Afrânio chegará à porta do quarto, com um sorriso, emocionado. "Não aos olhos do homem nem de sua mãe. Ela não ia sossegar se fosse de outro jeito! Gostava das coisas em ordem com Deus", lembrará o coronel. Ao ver o nervosismo de Tereza repetindo que se sente uma menina a essa altura da vida, ele fará um carinho nos cabelos dela. "Porque você é uma menina, Terê, a minha menina. A mais linda menina desse mundo", comentará ele.

CAIUÁ FRANCO/TV GLOBO

O primeiro encontro de Santo e Tereza, no início da novela, será reprisado no último capítulo
Iolanda falará que o casamento dos dois é importante para Afrânio. "Eu quero conduzir minha filha por aquele altar e entregá-la nas mãos do homem que ela ama e que a faz feliz como ela merece", dirá o coronel, com lágrimas nos olhos.

Afrânio estenderá as mãos à filha. "Me dê a chance de fazer direito dessa vez", falará ele. O roteiro indica que Santo será mostrado no altar, mas não cita como isso pode ser feito. Com convidados e padrinhos em seus lugares, a marcha nupcial começará a soar. Afrânio entrará com a filha na capela e lhe dará um beijo na testa antes dela encarar Santo nos olhos. É aí que o agricultor falará: "Sonhei tanto com esse dia que custo a acreditá que tenha chegado". Tereza vai sorrir e responder: "Chegou, Santo, nosso dia chegou".

Padre Benício (Carlos Vereza) dará início à cerimônia dizendo que o amor é uma partícula divina que é dada no instante da criação. Ele fará um discurso inflamado sobre o grande amor de Tereza e Santo. "O amor, quando é de verdade, é eterno. É feito para ser vivido e desfrutado por cada um nesse exato instante, pois é, antes de mais nada, presente. O amor é o agora. Bem afortunados aqueles que amam hoje, agora, sem esperar que isso faça sentido! Porque quem ama tem pressa de amar. E porque quem ama sabe que uma vida, por maior que seja, é muito pouco para se viver um grande amor", concluirá Benício.

Emocionados, Santo e Tereza se beijarão, de acordo com o roteiro. Uma outra homenagem está planejada para o encerramento do capítulo. Ela será definida nos próximos dias, mas deve contar com todo o elenco aplaudindo o trabalho de Domingos Montagner.

 

Deixar seu comentário

Postar comentário

0
  • Nenhum comentário encontrado